Pantera Cor de Rosa

Este é o blog de Juliana Carpes Imperial, mais conhecida pelos desconhecidos como a Pantera Cor de Rosa por volta e meia ir correr toda de rosa.

segunda-feira, outubro 19, 2009

Anime Place no América FC 18/10/2009


A príncípio, Thiago e eu íamos no evento acima no América. Só que como a premiação anunciada em outro evento, o Rio Anime Club seria a mesma (um Nintendo DS avaliado em R$ 2000,00) no concurso de cosplay individual tradicional, o Thiago mudara de idéia pois o América é muito pequeno e quente. Como acreditávamos que daria muita gente, ele tinha medo de passar mal. Já o Clube Hebraica é bem maior e ele achava que conseguiria entrar de graça por ter participado em um outro evento.

Porém, eles diminuíram a premiação do Rio Anime Club e ele teria que pagar o ingresso porque sua participação no tal outro evento fora no ano passado e não em 2009. Com isso, ele resolveu ir ao América novamente.

Como ele demorava a chegar aqui em casa para que fôssemos lá, tinha medo de não conseguir entrar no evento pois poderia estar cheio. Ele chegou aqui depois das 12 h, exausto, por ter ficado 2 noites sem dormir preparando o áudio da apresentação e um cartaz com o Aldebaran de Touro desenhado, que ficaram muito bons.

Chegando no clube, como ele colocara nosso nome na lista vip, pagamos só R$ 10,00. Apesar do calor na rua, o América não estava tão quente porque o ar condicionado estava funcionando, embora parcialmente. Ficou visível que o clube está precisando de reformas urgentes. Não é a toa que o time de futebol está com dificuldades para sair da 2° divisão do campeonato estadual.

Ao contrário do que imaginava, o evento estava vazio. Até mesmo alguns estandes não estavam presentes. Fiquei sabendo mais tarde que foi por medo da violência em favelas da Tijuca. Como se não houvesse guerra de traficantes em outros lugares...

Nesse evento, todas as atrações eram gratuítas, mas também eram poucas. O Thiago me deu de presente uma orelhinha enorme, indo até os pés e com verde, minha cor favorita. Já o meu mangá do Lost Canvas n° 11 eu não consegui comprar pois não tinha para vender. Falando em Lost Canvas, resolvi assistir aos episódios 1 e 2 que estavam sendo exibidos em um telão. Pena que não dava para ler as legendas muito bem. A minha sorte é que eu já li a estória no mangá. Enquanto assistia ao desenho, algo me chamou a atenção e desviou meu olhar. Um rapaz estava parado lá na frente quando chegou outro por trás, se encostou, o abraçou e beijou seu rosto. Nunca tinha visto isso com homens pessoalmente.

Ainda durante a exibição do anime, chegou o Thiago vestido de Seiya, fazendo o maior sucessão, pois estava perfeito. Havia poucos cosplayers no evento. Um amigo do Thiago, o Lucas, se vestiu de Shiryu e sua namorada, a Natália, de Mime. No desfile, o Thiago ficou em quarto lugar de 12 participantes. Talvez ele devesse ter caprichado mais nas poses. Na apresentação individual tradicional, ele ficou em 6° de oito participantes. Como havia premiação até o 10°, ele ganhou uma medalha e uma cesta cheia de guloseimas, que me deu. O próprio organizador do evento falou que a apresentação dele precisava melhorar. Sem ensaio, fica difícil. Ele só ensaiou lá no banheiro do América. Eu não tenho como dar opinião sobre a apresentação pois eu fiquei atrás do pano com a imagem do Aldebaran.

Confesso não ter achado os resultados gerais muito justos. O cara que na minha opinião fez a melhor apresentação ficou apenas em quarto. Confesso que não sei como é o personagem dele, mas a interpretação estava muito boa. O Shiryu, que ficou em segundo, por exemplo, estava muito canastrão. Sem falar que a fantasia tinha problemas, a começar pela peruca, que era muito curta. Já a grande campeã mandou bem com uma personagem de Sailor Moon. Ela só cometeu um errinho ao final da apresentação, pois a risada do som começou antes de ela fazer a mímica da risada. No livre, ela dançou a música da Umbrella. Ficou legal, mas poderia ter rebolado um pouco mais. Já o Shiryu fez anúncio de shampoo, mas o som estava muito ruim. Não acho que merecia ter ganhado por causa disso.

Uma coisa é certa: para fazer essas apresentações, tem que usar personagens muito do bem conhecidos, senão, não faz sucesso e corre o risco de os juízes não gostarem muito.

Antes dos resultados do concurso de cosplayers, teve sorteio. Mesmo com poucas pessoas no evento, não conseguimos ganhar nada. Não tem jeito: quem tem sorte no amor não tem sorte no jogo.

Como estava muito cansado, o Thiago apagou aqui em casa. Foi muito difícil despertá-lo. Ele ficou chateado com o fato de a apresentação ter ficado ruim. Pelo menos a roupa, a apresentação e o Aldebaran já estão prontos para o próximo evento. Ele tem é que ensaiar muito se quiser ganhar o prêmio. E torcer para não ter mamata.

Por fim, vejam as fotos que tirei do evento aqui.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Free counter and stats for your website on www.motigo.com