Pantera Cor de Rosa

Este é o blog de Juliana Carpes Imperial, mais conhecida pelos desconhecidos como a Pantera Cor de Rosa por volta e meia ir correr toda de rosa.

sábado, maio 01, 2010

II Jogos Brasileiros Masters


A imagem infelizmente é a do ano passado pois eu não encontrei a deste ano na Internet.

Nos dias 24 e 25 de abril aconteceram os II Jogos Brasileiros Masters aqui no Rio de Janeiro. Fiz a minha inscrição, que custou R$ 50,00, com mais de um mês de antecedência, nas provas de 5.000 m, 1.500 m e 800 m rasos. Porém, eu não contava em ficar gripada do dia 21 para o dia 22, começando com uma inflamação na garganta (dava até para ver pus atrás da língua no lado esquerdo). Na sexta-feira, estava de cama com febre de 38,3ºC. Se fosse dia útil, não daria para ir ao trabalho nem treinar. Se fosse competir no dia 23, iria passar mal com toda a certeza.

No sábado, eu estava um pouco melhor. Mesmo assim, para trotar era um enorme sacrifício, chegando a suar frio. Desta vez, não teve camisa no kit, só o número. Pagando tal preço, deveria haver pelo menos um lanchinho, com muitas frutas e isotônico. E se possível, por que não barras de cereal, sucrilhos, etc?

Os 5.000 m foram péssimos, com eu fechando em 23:48.4, sendo a 1º na minha faixa-etária e a 4º no geral. Até uma senhora me passou no final. Eu bem que tentei, mas não consegui acompanhar seu ritmo. Desde a 2º volta eu sentia que estava difícil. As últimas eu cheguei a fechar com 2:10. Ao terminar, não esperei para pegar a medalha. Fui direto em casa passar gelo e depois para a feira comprar peixe. No intervalo entre as duas competições, comecei a fazer o peixe para comer durante a semana.

Na hora dos 1.500 m, às 15 h, eu estava maus, mas consegui me superar e terminei com 6:01.9. Não é bom, mas ao menos não foi tão mal assim. Fui a 3º geral e 1º da minha faixa-etária. Peguei a medalha dos 5.000 m e fui embora. Queria descansar. Porém, na pressa, esqueci a garrafa na pista. Voltei para pegar a garrafa e para comprar gelo para passar nas pernas. Como eu lotei o freezer aqui de casa, não havia espaço para colocar gelo para mais tarde. O Thiago carregou os 10 Kg de gelo nas costas, cujo saco estava furado como sempre, o que fez com que se molhasse com água gelada.

No domingo, tinha ainda os 800 m às 11:30 da manhã. O Thiago, por ter pego a minha gripe, não foi me ver. Chegou só para o almoço comemorativo dos 33 anos de casados dos meus pais. O almoço seria no dia 23, mas eu pedi para adiar por causa da competição. Os 800 m rasos atrasou um pouco. Por isso, ao invés de termos várias séries, a largada foi em arco. Desde a primeira volta eu não estava bem. Na segunda, fui ultrapassada por uma senhora. Ela comemorou isso ao final. Porém, outra atleta lhe disse que eu estava maus. Terminei em 5º geral e 2º na faixa-etária, com 3:07.1. Peguei a medalha de ouro dos 1.500 m e fui para casa tomar banho para o almoço.

A verdade é que minha imunidade está baixa. Mesmo tendo uma vida espartana, tenho pego gripes com uma frequência maior do que a razoável para uma atleta. Só sei que o fato de o meu cortisol estar alto só facilita as coisas. Será só estresse ou de fato tenho um problema?

O Thiago tirou várias fotos, do aquecimento e da competição. Quem for amigo dele, pode acessá-las em seu Orkut.

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Free counter and stats for your website on www.motigo.com