Pantera Cor de Rosa

Este é o blog de Juliana Carpes Imperial, mais conhecida pelos desconhecidos como a Pantera Cor de Rosa por volta e meia ir correr toda de rosa.

segunda-feira, dezembro 20, 2010

Corria e Caminhada da Longevidade


Esta corrida me surpreendeu pelo valor da premiação alto e o preço baixo. Eu já sabia desde o ano passado que a premiação era boa, só não lembrava que era baratinha (R$ 20,00, sendo a metade para quem tem mais de 50 anos). Achava que iria lotar e que teria muitos atletas fortes, ainda mais que teria premiação na faixa-etária, embora não fosse em dinheiro.

A retirada do kit no dia anterior foi uma baita confusão. Cheguei cedo pois queria ir ao salão às 12 h e ainda tinha a corrida da postagem anterior. A fila não andava, com minha amiga Rosana tirando um bando de inscrições. Havia 3 filas, a de equipes, sem declaração e com declaração. Para economizar a combalida tinta da minha impressora, fui na sem declaração mesmo. Sendo que a fila da com declaração também estava parada. Fui reclamar e o cara falou que a Rosana estava pegando 40 kits. Só que havia guichês vazios e ela tinha que tirar no de equipes e não no de sem declaração. Depois de reclamar pela segunda vez o cara colocou mais gente para atender quem estava sem declaração e mais gente nos guichês, o que fez a fila andar rápido.

A retirada do kit em si foi rápida. Me espantou o fato de o número ser impresso na hora em um papel um pouco diferente do usual nas corridas. Queria ficar para a avaliação física, mas precisava voltar para ir ao salão. Havia uma longa caminhada do final do Leme até o início da Av. Princesa Isabel para pegar o ônibus de volta.

No dia, eu estava cansadíssima. Só havia dormido umas 3 h de sono no máximo. Também foi difícil acordar o Thiago. Ele como sempre parece um zumbi. Chegando lá, fui pegar o chip, passei o protetor solar que deram no kit, fator 30 e fui me aquecer na ciclovia. Depois de 15 min e 1,9 Km, fui várias vezes ao banheiro, que para a minha surpresa estava razoavelmente limpo.

A corrida atrasou 15 min. Isso é muito chato, pois se eu soubesse teria acordado 15 min mais tarde. Estava muito sol, embora a temperatura não estivesse tão alta. Também não tinha muita gente, pois havia outra corria, a do Rio Antigo, no centro da cidade que é novidade.

Antes, encontrei o meu amigo Jorge Ultramaratonista, que me chamou de fominha. É o típico caso de roto rindo do esfarrapado e porco rindo do suíno.

Dada a largada eu saí bem devagar. Gostei da hidratação da prova, pois houve 4 postos d'água gelada durante o percurso. Neste calor, só mesmo assim. Mantive a média de 5:04 nos 1ºs 4 Km. No 5º é que caiu, o que consegui recuperar no final ao disputar com a Cléia e com uma outra garota. Ao menos cheguei na frente delas. Na volta ainda vi o Thiago passeando pela orla. Terminei a prova com 30:30, sendo a 285º no geral absoluto, 29º no geral feminino e 4º na faixa-etária de 30-34 anos feminino.

Chegando, tomei mais água e peguei quatro tangerinas. Sentei na área do lanche e comecei a comê-las enquanto conversava com um senhor que operara o joelho. Só que o segurança começou a querer que saíssemos. O senhor disse que eu estava sentada por ter passado mal. Não estava atrapalhando ninguém ali. Fiquei mais um pouco e saí para pegar um isotônico e fui comer minhas tangerinas. Quando acabei quis pegar mais. Porém, não deixaram, mesmo tendo sobrado muita fruta. Tá certo que a caminhada só começou depois que a D. Maria, uma senhora bem idosa, chegou por último e que os caminhantes ainda teriam que comer o lanche. Todavia, devido à quantidade de frutas disponíveis, não iria faltar para ninguém. Para piorar, nem água queriam dar mais. Foi preciso que vários atletas pedissem para que nos dessem, só que quente.

No resultado, vitória dos africanos, como de costume. Eu por 6 s não peguei faixa-etária. Tá certo que não corri nada. Contudo, ganharia um lindo troféu. Fica para a próxima vez. Não demorou muito e fomos para casa. Eu não ia esperar até todos os caminhantes chegarem para ver se conseguia uma fruta. E, pensando bem, gorda do jeito que ainda estou, para que ia me pesar e medir as banhas na avaliação física?

Para terminar, achei interessantes os aparelhos de ginásticas instalados ao final do leme. Bem que podia ter esse tipo de coisa no Maracanã...

Marcadores:

2 Comments:

At 12/23/2010 10:58 PM, Blogger Carlos Lopes said...

Feliz Natal

 
At 12/27/2010 6:58 PM, Blogger Pantera Cor de Rosa said...

Feliz Natal para você também!

 

Postar um comentário

<< Home

Free counter and stats for your website on www.motigo.com