Pantera Cor de Rosa

Este é o blog de Juliana Carpes Imperial, mais conhecida pelos desconhecidos como a Pantera Cor de Rosa por volta e meia ir correr toda de rosa.

quinta-feira, agosto 16, 2012

3º Circuito Fluminense de Corrida Rústica e Caminhada - Etapa Duque de Caxias


A corrida neste ano foi no dia 12 de agosto, no mesmo local do ano passado, na Avenida Automóvel Clube, em Santa Cruz da Serra, com largada e chegada na praça Vereador Tiba.

Acordei às 5 h, cheguei no ponto de ônibus às 6:15 e por volta de 6:20 já estava no ônibus com destino à Jardim Paulista, que passa no local de largada. Estava preocupada, pois no ano passado peguei um que ia para Santa Cruz da Serra. Me diziam que ele passava pela avenida desejada, mas ninguém sabia que praça era essa. Ao passar por ela, vi que estava no ônibus correto e cheguei lá por volta de 7:30.

O clima esta bom, estando friozinho. Eu fiquei esperando o tempo passar lendo o jornal, fui me alongar e me aquecer. Enquanto isso, vi uma garota gordinha se aquecendo fazendo reta forte. Alguém a chamou por Fernanda. Percebi que ela deveria correr bem.

Na hora da largada, vejo que a Fernanda era a Fernanda Nóbrega, que já foi uma atleta de elite. Ela dormiu no mesmo quarto de hotel que eu quando fui à São Silvestre pela primeira vez em 2002, quando não corri por causa de uma distensão na coxa. Ela sempre foi muito magrinha. Eu olhava para ela e olhava para mim e desejava ser igual.

Na hora da largada, ela saiu forte e não consegui acompanhar. Eu, pra falar a verdade, não estava conseguindo correr. Não estava sentindo sintomas de TPM nem travada. Simplesmente as coisas não estavam dando certo. Também não saí forte, mantendo mais ou menos o mesmo ritmo o tempo todo, como pude constatar ao final da corrida. Porém, a frequência cardíaca ficou lá em cima o tempo todo.

O percurso foi ligeiralmente diferente. No ano passado, antes do segundo retorno, entrávamos em uma rua, dávamos uma volta e retornávamos. Agora ia simplesmente subindo a Avenida Automóvel Clube para depois retornar.

Fui a 43º no geral absoluto e 4º no geral feminino com 22:12. As passagens foram 4:24.8, 4:20.0, 4:29.0, 4:29.6 e 4:28.2. Ou seja não saí forte. A frequência média de 180 indica que forcei demais para pouca corrida.

A moça que havia ficado triste em Itaboraí por ter sido sexta, algo que se repetiu em Maricá, desta vez conseguiu pódio no finalzinho. Ela correu bem. Se tivesse saído mais fraco, acho que poderia até ter me passado. A sexta é que deve ter ficado triste de perder no final.

A Fernanda veio falar comigo e elogiou minha magreza. Ela pode não se lembrar, contudo já me viu mais magra em 2006. Agora estou com a mesma gordura daquela época só que mais musculosa. Ela disse que engordou por quase não estar correndo. Quem me dera quase não treinar e fazer 5 Km para 20 min, algo que ela fez. A genética deve explicar. Ela também deixou o cabelo crescer e o alisou. Mulher fica muito mais bonita de cabelo comprido apesar do trabalho que dá.

Na hora do lanche comi bastante. Já tinha comido muita melancia, 2 tangerinas e 4 maçãs. Só que a falta do que fazer na volta para casa me levou a comer as 19 bananas e os 2 guaranás natural. Como não vinha ônibus, tive que pegar uma vã lotada, tendo que ir sentada no chão na maior parte do percurso.

Tão pensando que não almocei no dia dos pais? Comi meu prato e ainda comi o que minha família deixou sobrar do que pediram.

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Free counter and stats for your website on www.motigo.com