Pantera Cor de Rosa

Este é o blog de Juliana Carpes Imperial, mais conhecida pelos desconhecidos como a Pantera Cor de Rosa por volta e meia ir correr toda de rosa.

domingo, janeiro 25, 2015

6ª Corrida e Caminhada de Confraternização pela Reconstrução do Estádio de Atletismo Célio de Barros


Não pude competir nas outras 5 edições, seja por estar em Fortaleza, lesionada ou fora de forma. Na 5º, fui como treino, fazendo os 3,9 Km em 19:02. Tinha prometido a mim mesma que na próxima iria para valer, para fazer para uns 16/17 min.

Ao contrário da vez passada, fiz minha inscrição pela Internet e não na hora com medo de que esgotasse, já que quase não há corridas nessa época do ano e provavelmente encheria.

No dia, acabei saindo de casa para me aquecer um pouco mais tarde do que gostaria, às 7:25 e não às 7:15. Fui trotando até o Portão 17 do Célio de Barros, peguei meu número e dei mais uma volta em trote. Depois foi só conversar um pouco com os amigos e com o presidente da FARJ, Carlos Alberto Lancetta, que estava contando várias estórias interessantes do atletismo carioca.

Realmente deu bastante gente. Tinha mais de 300 pessoas no local. Isso é muito bom para espalhar a todos os corredores o descaso com o atletismo carioca. Tem muita gente que corre que desconhece o problema.

A largada atrasou uns 10 min. Logo de início tive que driblar umas pessoas que saem na frente para trotar e saí forte. Até demais. Passei quase toda a primeira volta abaixo de 4:10 por Km. Me excedi, pois na segunda volta não consegui manter o mesmo ritmo. O Gilson foi junto comigo quase o tempo todo. Acabou que terminei os 3,9 Km em 17:07, resultado dentro do esperado. Poderia ter sido melhor se tivesse saído um pouco mais devagar. São 3,9 Km para quem corre na pista o tempo todo e passa direitinho atrás do Museu do Índio. Se cortar caminho na curva ou pelo parque aquático, dá menos.

Depois, comi bastante banana e abacaxi. E tirei muitas fotos com os amigos. Pedi também a Edneida para me inscrever na Copa Rio de Cross Country. Meu desempenho nessa corrida não me permitirá dar vexame entre os atletas federados se no dia der tudo certo.

Não se sabe ao certo a data da próxima edição. Só não dá muito para ficar escolhendo data por causa das outras corridas porque todo domingo vai ter corrida grande depois de março. Para competir em pé de igualdade, talvez devessem tentar algum patrocínio para manter o mesmo preço e fazer um estrutura maior, fechando a rua, percurso maior, com pórtico de largada mais pomposo, camiseta, medalha mais sofisticada, etc.

Depois de muito papo voltei para a casa e cometi um grande erro: pedi para minha mãe fazer sua deliciosa lasanha de pão árabe. Isso não seria problema se no dia 20 não tivesse que correr a Corrida de São Sebastião.

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Free counter and stats for your website on www.motigo.com